Instinto vai ter abrigo para animais

O protocolo para a cedência do terreno e construção do edifício foi assinado esta terça-feira entre a associação de defesa dos animais e a Câmara Municipal da Covilhã. Trata-se do projeto vencedor do Orçamento Participativo “Covilhã Decide”, no valor de 75 mil euros, que significa um “ponto de viragem na vida da associação, porque permite que dois objetivos fundamentais sejam atingidos, a recolha e a esterilização de animais de rua”, disse Lara Campos na cerimónia de assinatura.

A obra será da responsabilidade da autarquia, tem o prazo de execução de um ano. Após alguns “desacertos nas relações entre o município e a associação” refere o presidente da câmara, “agora as instituições estão a convergir” para tratar os animais “como devem ser tratados” acrescentou o edil, reforçando que “a Covilhã quer nesta matéria estar ao mais alto nível civilizacional”.

O terreno cedido pelo município é na Quinta dos Caldeirões, próximo do Conservatório Regional de Música, as obras, garante Vítor Pereira, devem arrancar até final do ano. “Mais importantes que as palavras são as ações, o importante é pôr o espaço a funcionar”, reforçou o autarca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *