Prisão preventiva para suspeito de fogo posto na Erada

Ficou em prisão preventiva o sapador florestal detido na madrugada de Domingo, na Erada. A medida foi decretada após o primeiro interrogatório judicial. Até ao julgamento o individuo, de 34 anos, vai ficar detido.

Segundo comunicado da Policia Judiciária, este homem integrava a equipa de sapadores florestais da Erada, estando no terreno a realizar tarefas de prevenção e “de forma dissimulada e com recurso a chama direta” terá ateado o incêndio, que começou perto das Pedras Lavradas às 16:30h de domingo e que só na segunda-feira, ao fim da manhã, foi dado como extinto.

O fogo atingiu ainda as freguesias de Paúl e Casegas, chegando a ser combatido por mais de 300 operacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *