Desfile de chocalhos, mealheiro solidário e muitos abrigos na Feira Pastores

No fim-de-semana, a tradição da pastorícia está em destaque nas Cortes do Meio, na Feira Pastores, que este ano tem um forte cariz solidário. Grande parte das receitas irão reverter para a compra de alimentação para o gado, uma vez que o incêndio de agosto deixou a freguesia sem pastos.

São várias as formas de ajudar, acrescenta Alexandre Barata da Filarmónica Cortense, com diversas propostas que vão de caminhadas a um desfile de chocalhos, ou até mesmo um mealheiro à disposição para receber donativos.

A Feira Pastores é uma iniciativa cuja organização está ao encargo da Filarmónica Recreativa Cortense, que visa mostrar e homenagear a tradição de um povo, mais precisamente a pastorícia. Um certame em que as habituais tasquinhas se transformam em antigos “abrigos”.

A organização pretende ainda mostrar outras tradições, “como a alfaiataria” refere Alexandre Barata. No total serão 30 os espaços abertos.

A inauguração está marcada para sexta-feira às 18:00 horas. Ao longo dos 3 dias haverá animação em permanência no recinto da feira, com a participação de diversos grupos de música tradicional da região, bandas filarmónicas e grupos de bombos. A organização espera atingir os 10 mil visitantes.