Carlos Martins: “Esta foi a vitória mais saborosa”

Esta foi a reação de Carlos Martins, que há uma semana, por apenas 30 votos, não conseguiu a maioria na União de Freguesias da Covilhã e Canhoso. Ainda assim, considera que “foi uma vitória contra tudo e contra todos e foi, por isso, a mais saborosa”.

Pela primeira fez não conquistou a maioria, mas ainda assim Carlos Martins mostra-se “convicto de que será fácil formar o executivo”, apesar de, afirmou à nossa reportagem, “não ter feito ainda qualquer negociação”. Acredita que “nos opositores há quem esteja na política de boa-fé e, por isso, será fácil chegar a um entendimento”.

Já como líder da Comissão Politica da Concelhia da Covilhã, acredita que “a vitória do PS no concelho se deveu ao bom trabalho que foi feito nos últimos 4 anos”. Com a maioria agora conquistada, acrescenta Carlos Martins, “Vítor Pereira tem todas as condições para realizar um bom trabalho”.

Questionado sobra o seu futuro à frente da Concelhia, não quer para já afirmar se irá encabeçar algum projeto, mas mostra-se “disponível para continuar na Concelhia. Acredita que o partido está unido e que haverá apenas uma lista”.

Relativamente às eleições na Concelhia, ainda não há data para a realização das mesmas. No sábado reúne a Comissão Nacional do PS e nessa altura deverão ser agendadas as eleições para todas as concelhias do país.