PS foi o grande vencedor da noite eleitoral

O PS foi o grande vencedor das autárquicas a nível nacional, distrital e também no concelho da Covilhã. Conquistou maioria absoluta na Câmara Municipal da Covilhã com 5 vereadores eleitos, maioria na Assembleia Municipal e 9 Assembleias de Freguesia eleitas pelo partido, às quais se juntam 5 vitórias de  candidatos independentes apoiados pelo Partido Socialista, num total de 14 freguesias.

No panorama das freguesias, a CDU manteve a Boidobra, a coligação Vontade de Mudar conquistou 2 freguesias, o movimento De Novo Covilhã conseguiu uma, e foram ainda eleitos os independentes Paulo Ribeiro no Ferro, António Pinto em Orjais e David Silva no Tortosendo.

Na Assembleia Municipal, o PS conseguiu 11 eleitos, 4 para o movimento De Novo Covilhã, o CDS-PP ficou com 3 deputados, e a coligação Vontade de Mudar e CDU elegeram, cada um, 2 deputados à Assembleia Municipal.

Relativamente ao executivo municipal, este fica composto por 5 vereadores do PS, 1 do movimento De Novo Covilhã e 1 do CDS-PP.

Quanto a percentagens, o PS venceu para a autarquia com 46,41%, que corresponde a um total de 13437 votantes. O movimento DNCCP conseguiu o 2º lugar com 18,16% através de 5257 votantes, e o CDS-PP teve o voto de 4371 eleitores, o que corresponde a uma percentagem de 15,10%. O resultado mais negativo foi o da coligação Vontade de Mudar, que apenas conseguiu 7,37% dos votos, correspondendo a 2135 votantes. Já o CDU não conseguiu manter o vereador que tinha, apesar dos 1799 eleitores que lhe confiaram o seu voto, ficando nestas eleições com apenas 6,21%. O Bloco de Esquerda terminou no fundo das estastísticas, conseguindo apenas convencer 2,18% do eleitorado do concelho – 630 cidadãos optaram pelo voto no Bloco.

Olhando para o distrito, pode afirmar-se que este continua a ser um bastião do Partido Socialista (PS). O partido rosa voltou a vencer em sete dos 11 municípios, mantendo o panorama eleitoral verificado em 2013. O PSD manteve também os quatro municípios que já havia conquistado em 2013, Fundão, Oleiros, Sertã e Vila de Rei. O resultado é idêntico para as Assembleias de Freguesia, com o mapa do concelho a estar na maioria pintado a rosa.

É de notar ainda que a abstenção no concelho da Covilhã foi de 38.14%, abaixo da verificada a nível nacional.

Pode consultar todos os resultados do concelho da Covilhã, bem como os eleitos para Câmara Municipal da Covilhã, Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia, no site da Rádio Covilhã em http://radio-covilha.pt/eleicoes-autarquicas/eleicoes-autarquicas-2017-resultados/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.