Movimento “Fénix” em marcha

Sábado, dia 21 de Outubro, um pouco por todo o país, irão decorrer manifestações para dizer basta aos incêndios florestais. O movimento “Fénix – Renascer das cinzas” surgiu nas redes sociais, e pretende por todos e cada um a meditar sobre esta temática e a reclamar mais intervenção.

No seu manifesto pode ler-se que o dia de domingo dispensa comentários. Tal como o de 17 de Junho. Tal como o 7 de setembro do ano anterior, ou como todos os outros. Na verdade, não dispensa só comentários como também opiniões, teorias, teses, todo o tipo de estudos e discursos que umas vezes não percebemos e outras preferimos não perceber! Esses já estão todos feitos, discutidos e alguns, certamente, até esquecidos! No entanto, há algo de que não nos podemos esquecer: as pessoas! Das pessoas, da sua necessidade de segurança e bem-estar, da promessa de um futuro que garanta a sustentabilidade social e ambiental, ainda antes da económica, para os espaços naturais e florestais do nosso país. Por isso, esta manifestação será um enorme basta! Basta do nosso silêncio, de assobiar para o lado, de fazer de conta que não é connosco, porque é. É com todos e agora, no presente, para que possamos garantir um amanhã melhor. Para isso, tudo o que exigimos é ação!

O grande objectivo destas manifestações, diz ainda o grupo, é que as teorias já apresentadas sejam discutidas e resultem num pacto nacional que envolva todas as entidades responsáveis, tenham elas as siglas que tiverem, que surtam efeitos imediatos, mas ainda mais importante, que sejam promotoras de resultados a muito longo prazo.

Pedem por isso que quem se queira juntar ao movimento o faça de luto e em silêncio: por todas vítimas, por todas as casas destruídas, por todas as árvores ardidas. Na Covilhã a manifestação silenciosa terá lugar frente à Câmara Municipal da Covilhã entre as 18:00 e as 21:00 horas.