Limpeza da rodovia e ferrovia com prioridade para a zona de risco

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, garantiu esta segunda-feira, 9 de julho, que a limpeza junto às estradas e às linhas de caminhos-de-ferro está a ser feita com prioridade para as zonas de maior risco de incêndio.

“Os trabalhos estão no terreno. Se me pergunta se já estão todas as estradas concluídas [ao nível] das limpezas, não estão todas concluídas. Começámos nas zonas de maior risco de incêndio, estão identificados um grande número de concelhos que são muito mais sensíveis em risco de incêndio, começámos a trabalhar nessas zonas e estamos a estender a toda a rede”, afirmou. O governante falava na Covilhã, na visita que efetuou às obras da Linha da Beira Baixa.

Questionado sobre as críticas de alguns autarcas relativamente ao atraso da limpeza junto a vias rodoviárias, o ministro destacou que “são milhares e milhares de quilómetros”, quer na rede rodoviária, quer ferroviária, pelo que “foram estabelecidas prioridades”. Pedro Marques desvalorizou ainda críticas quando comparadas com “o esforço enorme e sem paralelo” que todas as equipas da Infraestruturas de Portugal estão a fazer no terreno.