Luís Geraldes expõe na Covilhã

“Universos do Sagrado” é a mais recente mostra artística no concelho e está até setembro patente na galeria de exposições Tinturaria. Trata-se de um conjunto de trabalhos do conceituado artista plástico Luís Geraldes. Nascido em Vale da Cerdeira, uma aldeia entre São Jorge da Beira e Sobral de São Miguel, apresenta pela primeira vez a sua obra na Covilhã, sua terra natal.

O artista já expôs a sua vasta obra pelos cinco continentes. De Madrid a Nova Iorque, de Londres a Melbourne ou Lisboa, a sua obra artística está presente em todo o Mundo e agora, pela primeira vez, no concelho que o viu nascer.

Citado em nota de imprensa, o presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira, sublinha o facto de o autor apresentar a sua obra à cidade. Para o autarca, “estamos perante um artista que conquistou legitimamente o seu espaço entre os grandes artistas plásticos nacionais, graças à sua extraordinária obra, que enriquece o panorama artístico nacional e internacional, enchendo de orgulho a Covilhã e os covilhanenses”. A exposição “Universos do Sagrado” é inaugurada no dia 3 de julho, às 17h30, na Tinturaria.