Redução das portagens “para breve”

Está para “breve” o anúncio de nova redução de portagens. Esta foi a única garantia que Pedro Marques, ministro das Infraestruturas deixou quando questionado sobre a matéria. Não especificou quanto, nem para que setores. Recordou que há dois anos houve um abaixamento genérico. O responsável salienta que a nova redução será para “fomento da atividade económica, circulação de bens e serviços. A especificação deste abaixamento poderá acontecer na próxima semana, em que que “será atualizado o Programa Nacional de Coesão Territorial”. O ministro, aos jornalistas, apenas garantiu que “haverá notícias sobre portagens mais cedo que tarde”.

Pedro Marques também não respondeu se irá receber a plataforma regional que pede a reposição das SCUTS. Para o governante esse trabalho tem sido feito por outros membros do governo, ele tem mantido contacto com autarcas e mantém a compromisso de “reforçar as condições de atração de atividade económica para fixação de emprego”.

O ministro das Infraestruturas falava esta segunda-feira, 9 de julho, de manhã, junto à Ponte Zêzere 2 nas imediações da Quinta da França, onde se iniciaram os trabalhos de remoção das pontes ferroviárias no troço Covilhã Guarda da Linha da Beira Baixa.