Alarcón reforça amarela

Numa etapa em que foi retirada a torre, nas Penhas da Saúde o rei foi Raúl Alarcón que reforçou a camisola amarela na Volta.

Joni Brandão ainda arriscou a fuga nos últimos quilómetros da subida, mas Raúl Alarcón, sozinho, anulou a diferença, atacou e ganhou de novo a etapa, reforçando a camisola amarela na Volta.

O ciclista espanhol de 32 anos superiorizou-se aos portugueses Jóni Brandão, da equipa Sporting-Tavira, que acabou a 12 segundos, e João Benta da Rádio Popular-Boavista, que terminou a um minuto e 13 segundos.

Foto: Página oficial 80.ª Volta a Portugal