Regadio a sul da Gardunha pode vir a ser financiado a 100%

Esta é a interpretação que a Associação Distrital dos Agricultores de Castelo Branco (ADACB) faz da resposta que recebeu do Ministério da Agricultura após a sua denúncia de que “o Programa Nacional de Regadios, aprovado na última reunião do Conselho de Ministros, não contemplava qualquer verba para o regadio a Sul da Gardunha”.

Na resposta, segundo nota de imprensa enviada à Rádio Covilhã, o Ministério da Agricultura afirma que “o estudo prévio do projeto do regadio a Sul da Gardunha está em fase de análise pela Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e que estão garantidos 280 milhões de euros de investimento em novos regadios, cujos concursos serão abertos brevemente”. Segundo a ADACB esta resposta dá a entender que o regadio a sul da Gardunha poderá ser comtemplado e financiado a 100% a fundo perdido.

A Associação “fica na espectativa de que este importante projeto passe das palavras e será a primeira a congratular-se quando tal for uma realidade e beneficiar os agricultores desta região” concluem.