Covilhanense representa Portugal nos Jogos Olímpicos da Juventude

O covilhanense Manuel Ramos é o único esquiador português no Festival Olímpico da Juventude (FOJE) a decorrer em Sarajevo, Bósnia, até 15 de fevereiro. O jovem disputa amanhã a prova de slalom gigante e dia 14 a de slalom, na competição que se equipara a uns campeonatos olímpicos juniores à escala europeia, um ano antes dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude.

Manuel Ramos acentua que não se quer comprometer com resultados, mas mostra-se “confiante num bom resultado”, que passa por melhorar a sua posição no ranking da Federação Internacional de Esqui (FIS), acrescentando que “espera retirar uma grande lição” para encarar o sonho de conseguir a qualificação para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, na China, disse o atleta à agência Lusa.

O esquiador continua a ser aluno de uma escola na Covilhã, mas mudou-se no ano passado para Jaca, uma cidade espanhola nos Pirenéus Aragoneses, no âmbito de um programa de “ski estudo”, permitindo conciliar a prática desportiva de alto rendimento com o plano curricular, explica o atleta, que tomou a decisão depois de perceber que, se queria “dar o salto”, teria de aumentar o tempo de treino.

Sérgio Figueiredo, diretor técnico nacional, nota uma evolução desde que Manuel Ramos passou a poder treinar todos os dias, e tem a expectativa de o ver terminar as provas “no segundo terço da tabela”.

A acompanhar Manuel Ramos, que começou a esquiar aos três anos, na Serra da Estrela, vai estar Pedro Flávio, o chefe de missão e vice-presidente da FDIP. No FOJE 2019 participam mais de 900 atletas, de 43 países, em oito modalidades, entre as quais o esqui alpino.