Américo Rodrigues é o novo Diretor-Geral das artes anunciou o Ministério da Cultura

Américo Rodrigues, licenciado em Língua e Cultura Portuguesas pela Universidade da Beira Interior (UBI), foi esta sexta-feira nomeado Diretor-Geral das Artes, pelo Ministério da Cultura. O diplomado pela UBI assume o cargo na próxima quarta-feira, dia 13 de fevereiro, substituindo Sílvia Belo Câmara.

Américo Rodrigues é uma figura destacada na cultura da região da Beira Interior. Poeta, ator, encenador, ‘performer’ na área da poesia sonora e programador cultural, foi diretor do Teatro Municipal da Guarda (2005-2013) e coordenador da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (2005-2018), situada na mesma cidade.

Américo Rodrigues vai agora dirigir a Direção-Geral das Artes, o organismo do Ministério da Cultura que tem por missão a coordenação e execução das políticas de apoio às artes em Portugal, com a prioridade de promover e qualificar a criação artística, bem como garantir a universalidade da sua fruição. É responsável pela realização dos concursos de apoio público às artes e das representações oficiais de Portugal, em certames artísticos internacionais como a Bienal de Veneza ou a Quadrienal de Praga.

Foto: Jornal de Notícias