200 músicos e 6 bandas diferentes no Paúl

O evento “12 horas de Filarmonia”, que conta com a sua segunda edição no ano 2019, foi ontem anunciado em conferência de imprensa nos Paços do Concelho.

O conceito mantém-se o mesmo que no último ano, ou seja, realizar durante 12 horas seguidas as atuações das bandas. Este ano o evento vai contar com um segundo dia, onde as bandas realizarão um passeio, um debate, missa e almoço de convívio, refere a presidente da Banda Filarmónica do Paul, Bruna Vaz.

Filarmónica Idanhense, Filarmónica São Jorgense, Filarmónica Eradense, Sociedade União Alcaçovense, Filarmónica 1º de Janeiro Carragozela são as bandas convidadas pela Banda Filarmónica do Paul para estes “12 horas de filarmonia”, sendo que Bruna Vaz, revela que vão à Vila do Paul cerca de 200 músicos que tocarão, no fim da festa, um concerto todos juntos.

Regina Gouveia, vereadora da Câmara Municipal da Covilhã marcou presença na conferência e enunciou que este era “um momento privilegiado para unir a comunidade”.

No primeiro dia, 28 de setembro, decorrem os concertos e as 12 horas de filarmonia, que iniciam às 13h30, sendo que no domingo, acontecerá um almoço convívio, missa e término.