USCB propõe plano de emergência para o distrito

A União de Sindicatos de Castelo Branco propõe um plano de emergência para o distrito. Uma decisão tomada em reunião da direção da estrutura sindical.

A proposta é dirigida ao Governo e ao Coordenador da Unidade de Missão para a Valorização do Interior e também a todos os candidatos autárquicos aos onze municípios do distrito – Belmonte, Castelo Branco, Covilhã, Fundão, Idanha, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova, Sertã, Vila de Rei e Vila Velha de Ródão – esperando que se pronunciem sobre a mesma.

Na base desta proposta, escreve a USCB em comunicado, está “a calamidade dos incêndios, que praticamente destruiu a floresta do distrito de Castelo Branco e a ausência de resposta do governo à exigência de abolição das portagens nas ex-SCUTs”. Estes são os temas que “recolocam na primeira linha a necessidade de medidas de emergência para atenuar os seus efeitos e ao mesmo tempo relançar a atividade económica regional”.

A União de Sindicatos de Castelo Branco, afirma que “não vão assistir, sem nada fazer, à destruição dos recursos e ao continuado despovoamento da região”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *