Etapa “rainha” da volta sobe à Torre pela Covilhã

A edição de 2019 da Volta a Portugal em bicicleta vai ter novamente uma etapa a terminar na Torre, Serra da Estrela.

A prova, que começa em Viseu a 31 de julho, chega à Covilhã na quarta etapa, a 4 de agosto, numa tirada que tem início em Pampilhosa da Serra, pelas 13:20.

Depois de passar pelo Fundão, a chegada ao concelho da Covilhã está prevista para as 15:36, na aldeia de Vales do Rio, isto se a velocidade média dos ciclistas rondar os 36 quilómetros por hora.

Ainda antes da chegada à cidade, a “volta”, vai passar por Coutada (15h43m), Barco (15h47m), Paul (15h55m), Erada (16h03m), Unhais da Serra (16h13m) e Tortosendo (16h34m).

No Barco, junto ao Monumento de Homenagem aos Mineiros da Argemela terá uma meta-volante. Na Erada há contagem para prémio de montanha de 3ª categoria.

A chegada à Covilhã está prevista para as 16 horas e 42 minutos, com entrada pela rotunda do Rato, em direção à Rua Visconde da Coriscada. No pelourinho, haverá nova meta volante. A chegada à Torre está prevista para as 17 horas e 21 minutos.

A quarta etapa desta 81ª edição da Volta a Portugal irá percorrer uma distância de 145 quilómetros.

A Beira Interior tem direito a mais duas etapas da competição. A terceira tirada, de 194,1 quilómetros, que faz a ligação entre Santarém e Castelo Branco.

Após a subida à Torre, na 4ª etapa e a anteceder o dia de descanso, a etapa 5 tem a meta na cidade mais alta de Portugal, a Guarda. A tirada começa em Oliveira do Hospital, com os ciclistas a terem de percorrer 158 quilómetros.