USCB quer novas políticas para o interior

“Por um Portugal com Futuro – Desenvolver o Interior – Avançar nos Direitos, Valorizar os Trabalhadores” é o mote da União de Sindicatos de Castelo Branco (USCB) para as eleições legislativas de 6 de outubro.

Em nota de imprensa, a USCB anunciou as suas propostas e reivindicações para as legislativas onde declara que vai intervir de modo a que os trabalhadores usem o voto, “como forma de luta” para defender os seus interesses, assumindo ainda que o necessário para o distrito é uma política de esquerda que “implemente uma verdadeira política de desenvolvimento do Interior e de combate às assimetrias regionais e sociais”.

A valorização do trabalho, a fixação de empresas e o investimento público, a distribuição de riqueza, a abolição das portagens e o aumento do salário mínimo nacional para 850€ são as principais propostas da USCB, às quais se justa o pedido de concretização da regionalização.