Dia Internacional dos Museus no Museu de Lanifícios no sábado

O Dia Internacional dos Museus, celebrado anualmente a 18 de maio, foi instituído em 1977, pelo Conselho Internacional de Museus (ICON), com o objetivo de promover uma reflexão sobre o papel dos Museus no desenvolvimento da sociedade.

Este ano, o tema central é “Os museus como plataformas culturais – museus e cidadania” e pretende lançar a discussão sobre o papel dos espaços museológicos, na “transposição das necessidades e opiniões das populações no seu território para um contexto global”, numa sociedade sujeita a constantes transformações.

Para assinalar esta data, o Museu de Lanifícios desenvolveu um programa diversificado, com entradas gratuitas nas exposições permanentes do museu, nomeadamente “Da Manufatura à Industrialização dos Lanifícios”, “Tinturarias Pombalinas no século XVIII” e “Industrialização dos Lanifícios nos séculos XIX-XX”.

A gratuitidade estende-se às exposições temporárias que estão patentes ao público nos diversos núcleos. Entre as 10h00 e as 15h00 haverá visitas orientadas gratuitas, às exposições permanentes com início na Real Fábrica de Panos e conclusão na Real Fábrica Veiga.

Enquanto decorrem as visitas orientadas, a Oficina Têxtil, da Real Fábrica Veiga está preparada para acolher as crianças (com mais de 3 anos) que acompanham os adultos em visita. De forma lúdica e muito prática, nesta oficina explica-se o processo artesanal da transformação da lã em tecido, bem como o contacto com o museu, enquanto lugar de memórias sobre a indústria de lanifícios.