BE: “Em pé junto das populações contra exploração de lítio”

As Comissões Coordenadoras Distritais de Castelo Branco, Guarda, Vila Real e Viseu do Bloco de Esquerda “colocam-se em pé” junto das populações, contra o “mega plano de prospeção e extração de minérios, nas regiões da Beira Alta, Beira Baixa e Trás-os-Montes”, anunciaram em comunicado.

Segundo a nota enviada às redações “as emissões de partículas em suspensão, constituem o poluente de maior relevo”, a par do “ruído e das escorrências que contaminarão os cursos de água” devido à enorme quantidade necessária para a lavagem do próprio minério, são razões apontadas para esta tomada de posição.

A escavação e a remoção de “milhões de toneladas por ano de escombreiras para daí remover uma ínfima parte em minérios pretendidos”, terão como consequência inevitável a poluição do ar e dos recursos hídricos, situação que agrava “devido os períodos de seca que atravessamos”, frisam ainda as comissões coordenadoras do Bloco.

Reconhecendo que o processo “ainda está numa fase inicial”, referem no entanto que “a oposição a este tipo de exploração também tem que começar cedo”, uma vez que “os sistemas ecológicos e os sistemas produtivos locais, seriam gravemente afetados pela exploração mineira de grande dimensão”, salienta o BE, no comunicado.