Escritora Rogélia Maria Proença vence prémio “Melhor Poeta do Ano”

Rogélia Maria Proença, poetisa covilhanense, venceu o prémio “Melhor Poeta do Ano” no concurso Troféu Literatura 2019.

Este troféu foi criado pela escritora jornalista Jô Ramos, que tem como objetivo “dar visibilidade a quem escreve, na Língua Portuguesa, e enfrenta grandes obstáculos para divulgação do seu trabalho” salienta no seu facebook.

A entrega dos prémios será feita no dia 26 de Janeiro, no Rio de Janeiro. A escritora Jô Ramos em parceria com a ZL Books Editora escolheram Rogélia Maria Proença como a melhor poetisa do ano da língua portuguesa.

Rogélia Maria Proença nasceu em 1971, na Covilhã, estudou Língua e Literaturas Modernas em Coimbra, especializando-se em alguns autores portugueses. Atualmente é docente de português e francês, escritora e autora de prosa e poesia. Escreveu “Um amor que vence Chronos” (2013); “O livro dos silêncios” (2013); “Pó de estrelas” (2014); “Papel de seda” (2015); “O Avesso dos dias” (2016); “O mago das palavras” (2017); “Pedras de ouro” (2018); “Margarida a menina mais que malmequer” (2018); “Fragmentos” (2018) e “Poesis: Luga(ar)” , em 2019.