Verão no Centro Histórico arrancou com enchente

Várias centenas de pessoas assistiram à primeira edição do Verão no Centro Histórico, uma iniciativa que resulta da parceria entre a Câmara Municipal da Covilhã e o projeto Sound and Vision.

Um dos momentos altos da noite, e muito aplaudido pelo público presente, foi o espetáculo de dança “a mão, o animal e o mistério”, uma criação da DEMO (Dispositivo Experimental, Multidisciplinar e Orgânico), com produção da Cooperativa Artística da Raia Beirã e que integra o projeto de cultura em Rede, promovido pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela.

Um trabalho coreográfico que conta com a participação de habitantes dos 5 municípios onde o espetáculo se realiza, Covilhã, Belmonte, Sabugal, Guarda e Fundão.

No final, Regina Gouveia, vereadora da cultura na autarquia, salientou a importância destes espetáculos em rede, como forma de “interligar artes” e ao mesmo tempo envolver público anónimo na sua realização.

Referir que no ano passado a Covilhã recebeu neste âmbito um espetáculo de música, este ano a dança e no próximo ano será a vez do teatro.

Na iniciativa Verão no Centro Histórico nota ainda para a grande adesão de público à visita guiada e encenada à zona do Calvário, bem como ao espetáculo de Raquel Ralha e Pedro Renato. A segunda edição está marcada para o próximo sábado às 21H30 na Rua dos Bombeiros Voluntários, com a participação de Flávio Torres & Os Canalhas.