UBI e Guiné-Bissau firmam acordo

A Universidade da Beira Interior (UBI) e o Ministério da Educação, Ensino Superior, Juventude, Cultura e Desporto da República da Guiné-Bissau (MEESJCD/GB) vão trabalhar em conjunto com o objetivo de criar oportunidades de formação superior em cursos de 1.º e 2.º ciclos e Mestrado Integrado.

O MEESJCD/GB responsabilizar-se-á por receber os documentos da candidatura para ingresso nos ciclos de estudos de Licenciatura e de Mestrado da UBI, procedendo ao encaminhamento dos processos através da Embaixada da Guiné-Bissau em Portugal.

O mesmo protocolo estabelece que os estudantes beneficiarão, nos termos dos princípios de não discriminação, dos mesmos procedimentos de seriação e colocação que os alunos internacionais.

O acordo foi assinado na segunda-feira, dia 23 de julho, ente o Reitor da UBI, António Fidalgo, e o Embaixador da República da Guiné-Bissau em Portugal, Hélder Gomes Lopes.

Define que a UBI se compromete a participar em ações e projetos de promoção do desenvolvimento da Guiné-Bissau. Neste particular está abrangido o envolvimento dos estudantes em estágios disponibilizados pelo Gabinete de Internacionalização e Saídas Profissionais, o apoio ao empreendedorismo e desenvolvimento empresarial, em particular em iniciativas de ex-alunos da UBI e, ainda, a realização de ações de consultadoria e desenvolvimento tecnológico em áreas de competência da UBI.