PCP questiona governo

O PCP anunciou que vai questionar o Governo sobre o eventual encerramento ou transformação em local de atendimento de postos da GNR em freguesias dos concelhos de Belmonte e da Covilhã.

Em nota de imprensa enviada à nossa redação, aquele partido refere que têm vindo a público notícias que “indiciam a possibilidade de encerramento ou de descaracterização” dos postos da GNR de Caria (Belmonte), de Unhais da Serra e do Paul, no concelho da Covilhã.

“A possibilidade de encerramento ou da sua transformação em meros postos de atendimento preocupa as populações locais. Trata-se de um serviço de proximidade sentido como muito importante para a dissuasão da criminalidade, para a redução da vulnerabilidade dos mais idosos, para a segurança, em geral, das populações destas zonas”, aponta o comunicado.

Segundo a informação, a esta “possibilidade” acresce “a falta de condições” do posto do Tortosendo (Covilhã), o que coloca em causa condições de atuação desta força de segurança.

Exigindo que “se dote esta força e os serviços de segurança dos equipamentos e meios necessários ao cumprimento das suas missões operacionais de proximidade”, o PCP também considera que “a possibilidade de encerramento ou descaracterização de postos da GNR constitui mais um elemento que contribui para o despovoamento, num momento em que se fala tanto dos problemas do Interior”

“Fecham-se as escolas porque têm poucos alunos, fecham-se as urgências dos centros de saúde, porque são poucos os doentes que as utilizam, acabam-se com carreiras dos transportes públicos de passageiros em alguns lugares porque não dão lucro. É a consagração da tese ‘se não existir nada, então justifica-se que nada exista'”, acrescentam os comunistas.

Deste modo, o PCP anuncia que, por intermédio do Ministério da Administração Interna, vai questionar o Governo sobre se o encerramento dos referidos postos vai ocorrer e, em caso afirmativo, quando é que tal ocorrerá e quais as medidas que serão adotadas para garantir que as populações continuam a beneficiar do serviço de proximidade prestado pelos postos da GNR.

“Que medidas vai o Governo tomar no sentido de resolver os vários problemas que atualmente afetam o Posto da GNR de Tortosendo?”, é outra das perguntas que o PCP quer ver respondidas.