Sanitários Públicos: Requalificação tarda e população queixa-se

A falta de limpeza nas ruas da Covilhã e nos sanitários públicos voltou a debate na última reunião do executivo. No período de intervenção do público, Donzília Faísca afirmou “que as ruas e o estado dos sanitários públicos na cidade são uma vergonha”, acrescentando que, neste aspeto, “a Covilhã é a pior da região”, apontando o dedo também aos donos dos animais que não “mostram civismo”.

Na resposta, Serra dos Reis, presidente em exercício reconhece que este “é um problema grave”, que a autarquia irá resolver “com a requalificação dos sanitários existentes”, acrescentando que “o plano está elaborado e alterações profundas irão ser feitas”.

Sobre as queixas referentes à via pública, o presidente em exercício, apelou “ ao civismo de cada um”, para tentar resolver a situação, acrescentando que “em matéria de higiene e ambiente “somos todos responsáveis”.

Uma resposta que não agradou ao Vereador do CDS-PP, que por diversas vezes fez eco de queixas semelhantes. Adolfo Mesquita Nunes afirmou que “não se pode dizer que há sujidade porque os munícipes sujam demais”. Para o vereador cabe à autarquia “adaptar-se às características da população, nomeadamente aos universitários” promovendo as “ações de sensibilização que tiverem que ser feitas”, concluiu.