CHUCB assinala mês da prevenção dos maus tratos na infância

No âmbito do “mês de prevenção dos maus tratos na infância” que se assinala este mês, o Núcleo Hospitalar de Apoio a Crianças e Jovens em Risco do Centro Hospitalar Universitário da Cova da Beira, associa-se uma vez mais à campanha “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância e Adolescência”, através da “Campanha do Laço Azul”, e outras iniciativas, com o objetivo de sensibilizar e despertar consciências na comunidade para esta problemática.

Neste âmbito, todas as crianças e jovens com idade igual ou inferior a 18 anos, assistidas e/ou acompanhadas nos serviços de urgência, internamento e consultas de Pediatria e Pedopsiquiatria do Centro Hospitalar, podem participar no concurso “esta é a minha mensagem”. São desafiados a fazer um desenho ou redação de uma frase que aborde o tema “direitos das crianças e jovens”.

No dia 10 de abril, os alunos do 11º A ligados ao projeto “Cidadania e Desenvolvimento”, da Escola Secundária Quinta das Palmeiras, farão a entrega simbólica de laços azuis e de um flyer com a história do Laço Azul, às crianças e adolescentes que se encontrem no hospital, com o objetivo de sensibilizar para a prevenção. No hospital estão também expostos cartazes alusivos ao tema.

Recorde-se que a Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) teve início em 1989, na Virgínia, E.U.A., quando uma avó, Bonnie W. Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro para alertar as pessoas da sua comunidade para os maus-tratos de que a sua neta padecia, os quais já tinham morto o seu neto de forma brutal.

E porquê azul? Porque apesar do azul ser uma cor bonita, Bonnie Finney não queria esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos. O azul servir-lhe-ia como um lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus tratos.