Desobedoc chega a Covilhã e ao Fundão

A mostra de cinema insubmisso chega à Cova da Beira, em formato de Extensão, de 9 a 11 de maio. Na Covilhã irá decorrer na Tentadora, no Fundão, na biblioteca municipal.

O programa desta Extensão é centrado no franquismo e nazismo, na atual política brasileira, nas lutas feministas, LGBTI+ e nos refugiados. Nota também para uma sessão para crianças, o Desobedoquinho, que terá lugar no dia 11 de maio, às 14:30, na Tentadora.

A mostra tem início a 9 de maio, às 21h, na Tentadora, na Covilhã, com um documentário sobre os crimes do franquismo que foi estreia em Portugal, no Desobedoc do Porto, no dia 25 de abril, “O Silêncio dos Outros”, de Almudena Carracedo e Robert Bahar.

Nos restantes dias será possível ver filmes, curtas e documentários como “Entre Os Homens De Bem”, de Caio Cavechini, Carlos Juliano Barro, que contará com a apresentação de alguns membros da FIBRA (Frente de Imigrantes Brasileiros Antifascistas do Porto), de algumas curtas direcionadas para as crianças com o Desobedoquinho ou o documentário “Debaixo do Céu”, de Nicholas Oulman. O documentário dá voz a vários sobreviventes (hoje com cerca de oitenta anos), que aquando da ascensão de Hitler e da perseguição aos judeus, lograram deixar Berlim e rumaram a Sul.

No dia 11 de maio (sábado), às 21h, na biblioteca municipal do Fundão, no encerramento da Extensão haverá, à noite, uma sessão com o documentário “Lampeduza is Winter”, de Jakob Brossman. O primeiro documentário de longa-metragem do jovem realizador austríaco, lança um olhar incómodo sobre as consequências da falta de uma política comum europeia para as questões do asilo e dos refugiados. A apresentação será da ativista Ana Perpétuo, que esteve nas fronteiras dos países bálticos na Europa.

A organização é da Comissão Coordenadora Distrital de Castelo Branco do Bloco de Esquerda.