“CMC deixou passar INTERREG IV” acusa CDS-PP

A Câmara Municipal da Covilhã “não aproveitou, como devia”, os fundos do INTERREG IV, acusou na reunião privada do município, a vereadora do CDS-PP.

Maria José Madeira adiantou aos jornalistas que, dos “85 milhões de euros atribuídos”, inclusive a algumas autarquias da região, a Câmara Municipal da Covilhã teve “zero euros atribuídos”. Uma situação que levou a vereadora a questionar o porquê de a autarquia “não realizar candidaturas a este tipo de projetos”.

Para a Maria José Madeira o município “está afastado destas redes”, perdendo a oportunidade “de financiamento alternativo para sustentar a própria autarquia”.

Esta é uma “leitura redutora da conclusão de uma candidatura”, explica Vítor Pereira. O presidente garante que “a autarquia está muito atenta” a todos os avisos de abertura de candidatura e “analisa caso a caso, apresentando projetos a todos os que convêm ao município”, frisando que “esta é a avaliação que é feita e neste caminho que irá prosseguir a sua política”.