Estudantes moçambicanos vão ter apoio para estudar na UBI

A Universidade da Beira Interior assinou uma parceria com Instituto de Bolsas de Estudo de Moçambique, que permite que estudantes de graduação e pós-graduação beneficiem de apoio para estudar na UBI, anunciou ontem a instituição de ensino superior.

Segundo a UBI o memorando permite um “sistema de apoios que abrange os três ciclos e é o corolário da vontade comum, de facilitar e encorajar a cooperação nos domínios do Ensino Superior e da formação de quadros”.

O documento foi assinado entre o Reitor da UBI, António Fidalgo, e o Director-Geral do IBE, Octávio Manuel de Jesus. A parceria, oficializada no dia 21 de maio, associa a UBI ao organismo que, em Moçambique, superintende a área de Ensino Superior encarregue de materializar a política de apoio aos estudantes que frequentam uma formação de nível superior, através da concessão de bolsas de estudo.

À semelhança do que acontece com outros países africanos, os alunos de Moçambique que venham a ser abrangidos por este memorando, beneficiam de apoio na formalização do acesso à UBI e depois, nos custos associados à formação.

No texto do memorando de entendimento acordado por ambas as partes, o IBE manifesta-se consciente da “importância de que se revestem os domínios de formação oferecidos pela UBI, para o desenvolvimento socioeconómico de Moçambique”.