RUDE mostra surpresa com declarações de Vítor Pereira

A RUDE – Associação de Desenvolvimento Rural, em comunicado vem manifestar “surpresa” com as declarações proferidas por Vítor Pereira, no final da última Assembleia Municipal, em que referiu que “a Rude sai a bem ou a mal”, reiterando que “espera bom senso e que a RUDE rapidamente deixe as instalações”.

No documento a associação refere que “estas declarações não têm qualquer fundamento, dado que os tribunais reconheceram razão à RUDE para não cessar um Contrato de Comodato, celebrado legalmente, sem que seja ressarcida dos custos com as obras realizadas e a melhoria de instalações municipais, cerca de 60 mil euros, onde tem a sua sede”.

No comunicado enviado aos jornalistas, referem ainda que “há cinco anos” aguarda que o residente da câmara “acabe com posições, que só prejudicam a cidade e a instalação do Tribunal de Trabalho, e que o bom senso que invoca seja assumido”, especificando que “há mais de três anos, a RUDE propôs a saída voluntária”, que Vítor Pereira “rejeitou preferindo a decisão dos tribunais”.

A associação termina o comunicado mostrando disponibilidade “para tal acordo e rejeita qualquer tentativa de distorção da verdade, a falta de rigor e a pressão pública”.