UBI continua entre as melhores universidades jovens do mundo

O ranking Times Higher Education Young University 2019 inclui a UBI pelo terceiro ano consecutivo, entre as melhores do mundo fundadas há menos de 50 anos.

Este ano no ranking a universidade atinge o patamar entre as 151 e as 200, intervalo onde constam instituições como a Universidade Carlos III de Madrid (Espanha), as universidades de Clermont e de Rennes (França), e as universidades de Hertfordshire e Manchester Metropolitan (Reino Unido).

“A UBI mantém-se nesta lista apesar de, em 2019, a mesma ter aumentado o número de instituições de Ensino Superior em cerca de uma centena”, salienta em nota de imprensa a Universidade da Beira Interior.

Segundo esclarece a academia covilhanense, que cita o Times Higher Education, “este é um ranking de elevado prestígio e altamente competitivo, sendo que a UBI viu a sua avaliação crescer no número de citações aos trabalhos que os seus professores e investigadores escreveram, tendo também sido notado o incremento no número de trabalhos feitos com as empresas. As métricas de visibilidade internacional e de investigação também tiveram um crescimento”.

Já em abril deste ano a UBI tinha sido premiada com a sua inclusão na primeira edição mundial do “THE Impact Rankings”, para avaliar a forma como as instituições de Ensino Superior estão a cumprir as metas de Desenvolvimento Sustentável propostas pela ONU.

Segundo José Páscoa, Vice-Reitor da UBI para a Área de Investigação e Projetos “a presença nos rankings estabelecidos e avaliados de forma independente, como é o caso do Times Higher Education, permite o reconhecimento crescente da UBI a nível internacional, o que é fruto do trabalho contínuo e dedicado dos seus professores e investigadores”, salienta.