“Verão no Centro Histórico” regressa a 3 de agosto

Depois do êxito do ano passado a iniciativa que anima o verão no centro histórico da Covilhã regressa a 3 de agosto.

Segundo Regina Gouveia, vereadora com o pelouro da cultura na Câmara da Covilhã, o objetivo é animar as noites na zona histórica da cidade e ao mesmo tempo proporcionar “uma fonte de conhecimento histórico sobre locais emblemáticos da cidade”. A vereadora afirma ainda que o objetivo é “integrar as diferentes artes que irão compor o cartaz”.

Um dos pontos altos da iniciativa serão as visitas guiadas e encenadas, que já no ano passado “granjearam e fidelizaram público”, de tal forma que a organização “teve que se adaptar ao muito público que comparecia”, frisa a vereadora, acrescentado que nesta segunda edição “há outros artistas para além da atriz que faz as visitas” como por exemplo ranchos folclóricos”.

De resto a autarca frisa que a autarquia “teve a colaboração de historiadores covilhanenses”, mas também de “público anónimo que tem histórias de ruas para contar”, juntando “o saber histórico com outro mais informal, que faz parte da vivência da cidade”, explicou.

O “Verão no Centro Histórico” tem organização da Câmara Municipal da Covilhã em parceria com o projeto Sound & Vision. Tem iniciativas previstas todos os sábados pelas 21:30, sendo que a primeira decorre a 3 de agosto, junto à Capela do Calvário onde terá lugar o espetáculo de dança no âmbito do projeto cultura em rede da CIM Beiras e Serra da Estrela “A Mão, o Animal e o Mistério”.

Nos sábados seguintes o “Verão no Centro Histórico” passará pela Rua dos Bombeiros Voluntários (10 de agosto), Rua António Augusto de Aguiar (17 de agosto), Rua Direita (24 de agosto), Largo 5 de Outubro (31 de agosto), Avenida Frei Heitor Pinto (7 de setembro) e termina na Praça do Município no dia 14 de setembro.

As visitas guiadas serão encenadas pela atriz Joana Poejo e contam com a participação das Adufeiras da Casa do Povo do Paul, Associação Académica da Universidade da Beira Interior, Grande Roda, Rancho de Unhais da Serra, Rancho Folclórico da Boidobra, Rancho Folclórico do Grupo Recreativo Vitória de Santo António, Rancho Folclórico e Etnográfico do Refúgio e das Vozes do CAI.