João Fonseca imparável rumo ao título

5 provas 5 vitórias, este é o palmarés até ao momento do piloto do Sporting da Covilhã, que este fim-de-semana não deixou os seus créditos por mãos alheias e venceu a Rampa Internacional do Caramulo. João Fonseca deu um passo importante rumo ao título absoluto e nos Protótipos.

À Rádio Covilhã afirma o Caramulo “era a prova de fogo”, uma vez que é “rampa mais difícil, muito curta e por isso mais favorável aos adversários”. O piloto afirma que com “muito trabalho” conseguiu a “cereja no topo do bolo” e assim manter-se invicto no campeonato.

Faltam 3 provas para concluir o campeonato e João Fonseca “não quer falar de títulos antes do tempo”, até porque considera que “é preciso ir a todas as provas”.

Das provas que faltam João Fonseca considera que a Rampa de Boticas será a mais complicada, dado o desconhecimento que tem da prova. Refere que “apenas lá fez uma subida”, o que o coloca em desvantagem perante a concorrência. Uma situação que se verifica também na Rampa da Arrábida, refere.

Nos clássicos de Montanha, depois do azar na Serra da Estrela, o também covilhanense, Flávio Sainhas regressou à montanha este fim-de-semana e venceu.

Para o piloto foi uma “vitória natural”, num ano em que não está a realizar o campeonato todo, “apenas as provas de que mais gosta”, esta é uma delas”, disse à nossa reportagem.

O campeonato de montanha prossegue a 27 e 28 de julho com a Rampa Porca de Murça.