Rusga na “Feira de São Tiago” resulta em 2497 peças apreendidas

A GNR da Covilhã apreendeu mais de 2497 artigos contrafeitos na Feira de São Tiago, na Covilhã, no “âmbito de uma operação de prevenção e combate à criminalidade” anunciou a GNR em nota de imprensa.

A apreensão ocorreu no dia 23 de julho e na operação os militares identificaram seis indivíduos, quatro homens e duas mulheres, entre os 24 e os 57 anos, por venda de artigos contrafeitos, refere a nota enviada à nossa redação.

A GNR avança que os artigos contrafeitos “são de várias marcas conhecidas” e estão “avaliados em cerca de 247 mil euros”.

De entre os artigos apreendidos destacam-se 1 067 artigos de calçado, 1 024 peças de vestuário, 165 malas e carteiras, 153 óculos de sol, 43 relógios, 42 bonés e três perfumes.

A ação resultou na elaboração de 11 autos de notícia por crime de contrafação, sendo os factos remetidos ao Tribunal Judicial da Comarca da Covilhã.

A operação envolveu 60 militares de diferentes subunidades e valências, nomeadamente dos Destacamentos de Intervenção de Castelo Branco e de Santarém e dos Destacamentos Territoriais de Castelo Branco, de Fundão e de Idanha-a-Nova.