“Diálogo. Tolerância e Paz” para celebrar o Dia Mundial da Rádio

Hoje assinala-se o Dia Mundial da Rádio, a data foi escolhida pois foi neste dia que a Rádio ONU emitiu pela primeira vez, em 1946, um programa em simultâneo para um grupo de seis países. A partir daí começou a transmitir desde a sede na Nações Unidas, em Nova Iorque, em onda curta, para o resto do mundo, noticiários e programas, nas cinco línguas oficiais da ONU – Chinês, Inglês, Francês, Russo e Espanhol. A data foi declarada em 2011 pela UNESCO e o primeiro Dia Mundial da Rádio foi celebrado em 2012.

Este ano a UNESCO decidiu que o tema é “diálogo, tolerância e paz”. A UNESCO apela, nesta data, à promoção de debates sobre temas da atualidade como a imigração e a violência contra as mulheres, sensibilizando para estas matérias e difundindo perspetivas positivas.

A ONU, pela voz do seu Secretário-geral, António Guterres, salienta a importância da rádio como “uma ferramenta poderosa” que “chega a mais pessoas que qualquer outra plataforma de média”. Para as Nações Unidas, a rádio assume maior importância ainda nas “operações de paz”, “é vital para informar, reunir e capacitar as pessoas afetadas pela guerra”, afirma António Guterres, num apelo ao reconhecimento da rádio como ferramenta para promover “o diálogo, a tolerância e a paz”.