Concerto de homenagem a Joaquim Garra este domingo

A Banda da Covilhã homenageia domingo, a título póstumo Joaquim Garra, com um concerto a realizar, a partir das 16:00, na Igreja de S. José, no Bairro dos Penedos Altos, o espetáculo será ainda integrado nas festividades de S. José e dedicado a todos os pais.

Joaquim Garra faleceu recentemente, aos 85 anos, era vice-presidente da Assembleia Geral da Banda da Covilhã, foi músico, maestro e ainda compositor nesta banda. Ao longo de muitos anos contribui com a composição da música de diversas marchas populares de várias associações, sendo que nos últimos anos fez sempre a música da marcha do Vitória de St. António.

Para além deste concerto, a Banda a que Joaquim Garra dedicou grande parte da sua vida, “quer perpetuar a sua memória e irá dar o seu nome ao Festival de Bandas que se realiza anualmente a 10 de junho”, refere o presidente da direção José Eduardo Cavaco.

Quanto ao programa do concerto terá obras originais da autoria de Joaquim Garra e também a estreia mundial da marcha intitulada “Amigo Garra”, do maestro Carlos Almeida. Associam-se a esta homenagem músicos que contactaram com o homenageado e querem estar presentes, bem como uma representação de 10 músicos e diretores da Banda Boa União – Música Velha, de Manteigas, local onde Joaquim Garra começou e tocou durante largos anos.