A Covilhã foi vista por milhares na BTL

O Património Industrial e a história dos lanifícios serviram de mote à presença do município da Covilhã, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), explica o município em nota de imprensa.

“A arte de trabalhar a lã e a tradição do debuxo surgiram na BTL como elementos do ADN da Covilhã, presentes no stand promocional”, homenageando a “cidade fábrica” através da obra de diversos artistas que exploram a lã e os tecidos com novas dimensões criativas. Para o município, “tal como no ano anterior, o stand covilhanense despertou a curiosidade de milhares de visitantes”.

Durante cinco dias estiveram presentes no stand da Covilhã diversos artistas locais “para mostrar propostas criativas arrojadas” como Fátima Nina ou dos criadores do coletivo New Hand Lab. A temática de cidade fábrica foi reforçada pela interpretação da atriz Joana Poejo, que “interagiu com os visitantes contando histórias sobre a Covilhã e sobre os utensílios ligados à confeção de lanifícios presentes no stand”, adianta a câmara da Covilhã.

Para o Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira, “a participação da Covilhã na BTL 2019 foi um sucesso, tendo em conta os milhares de visitantes que passaram pelo stand e os elogios que dirigiram ao conceito e identidade que ali encontraram”.