José Mendes reeleito presidente do Sporting Clube da Covilhã

Na noite desta quinta-feira, decorreu na sede do Sporting da Covilhã a Assembleia Eleitoral, para a eleição dos corpos sociais dos “leões da serra” para os próximos três anos, na em que José Mendes foi reeleito na presidência do clube beirão.

A única lista a sufrágio, encabeçada por José Mendes, foi eleita por unanimidade, em plena Assembleia, como é previsto nos estatutos do clube.

Em declarações aos jornalistas, José Mendes admitiu que o espera “um mandato difícil”, mas que mantém a “ambição e a motivação de sempre”, suportadas pelo “equilíbrio das contas do clube, pelo fim da remodelação do Estádio José Santos Pinto, pelo início da construção da academia para jovens e pela tão desejada e também complicada subida à Primeira Liga” salientou.

O Sporting da Covilhã no início deste ano, começou a dar a volta à má fase que viveu na primeira parte da temporada, contudo “o reforçar do plantel saiu caro aos cofres serranos” realça o presidente do clube. José Mendes agradece o incentivo da Câmara Municipal, mas admite ainda alguma “frustração” pela falta de apoios de outras empresas que “não acreditam na grandeza do clube”, diz-se ainda “desanimado” com a falta de ligação dos covilhanenses ao clube, que “não apoiaram nem ajudaram a equipa nos seus piores momentos”.

A subida à Primeira Liga, a construção da academia para jovens e a ligação dos adeptos ao clube são três das chaves de ouro para este mandato, o quinto de José Mendes, que conta já com 15 anos de presidência, tendo agora mais três de grande exigência pela frente.