SC Covilhã termina com empate a uma bola, tal como começou

O Sporting da Covilhã falhou a subida ao 5º lugar ao terminar a época com um empate a uma bola, frente ao Mafra, no Municipal Santos Pinto.

A equipa da cidade do convento começou melhor, mas só chegou ao golo ao minuto 41, quando já depois dos amarelos terem enviado duas bolas ao ferro, Ruca bateu um livre exímio a cerca de 30 metros da baliza de Bruno Miguel.

Os serranos responderam logo a seguir ao intervalo e na mesma moeda. O capitão serrano, que a semana passada completou o jogo 300 com a camisola verde e branca, Gilberto, marcou também de livre ao minuto 48.

O treinador do Mafra, Nuno Capucho, considerou que esta foi a “mais longa semana do futebol”, referindo que sentia que a equipa “estava nervosa pela experiência difícil de há 3 anos com os fantasmas a voltar”. “Não tivemos a sorte do jogo, com bolas no poste e acabamos por sofrer um golo num ressalto”, frisou o treinador do Mafra.

Já o serrano, Filó, analisou que o “Covilhã não foi tão objetivo, mas também por mérito do adversário”, afirmando que “sentimos alguma dificuldade a encontrar os espaços para criar ocasiões de golo”.

A conferência de imprensa teve ainda a presença do presidente José Mendes, que aproveitou para fazer um balanço da época e confirmar a chegada dos dois reforços, não levantando ainda o véu quanto ao futuro.