Altice garante que segurança na rede SIRESP não será posta em causa

O presidente da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, garantiu ontem na Covilhã que a segurança na rede do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) não será posta em causa, apesar da negociação que ainda decorre com o Governo.

Afirma que “no que depende da Altice Portugal, nunca deixará que os portugueses fiquem numa situação de insegurança”, afirmando que “tudo farão para garantir, também no âmbito da nossa prestação de serviços à SIRESP, todas as condições de segurança que são possíveis nesta rede, que aliás sempre esteve à altura das expectativas que estavam criadas”.

Alexandre Fonseca falava na Covilhã, à margem da cerimónia de inauguração do projeto de infraestruturação em fibra ótica, que decorreu ontem no Data Center, empresa que detém na Covilhã.

Questionado pelos jornalistas sobre o processo negocial que decorre no âmbito do SIRESP, Alexandre Fonseca, recusou falar como acionista e remeteu as perguntas sobre a negociação para o Governo. A SIRESP é detida em 52,1% pela PT Móveis (Altice Portugal), 33% pela Parvalorem (Estado) e 14,9% pela Motorola Solutions.