SPZC lança campanha pela recuperação dos “9A4M2D” no distrito

O Sindicato de Professores da Zona Centro (SPZC) está a dinamizar, na região, a iniciativa da Federação Nacional de Educação (FNE), que consiste na colocação de faixas, em escolas, alusivas à recuperação dos nove anos, quatro meses e dois dias de tempo de serviço congelado.

Segundo nota de imprensa, o objetivo é “mostrar assim ao Governo e particularmente ao Ministério da Educação (ME) que os professores e educadores portugueses vão continuar a lutar por aquilo que é seu por lei e por justiça”, acrescentando que “apesar da recuperação imposta pelo governo de dois anos, nove meses e 18 dias, a FNE não desmobiliza”.

Para o SPZC e a FNE há uma “contaminação da informação”, com um “conjunto de dados que são totalmente falsos” e isso reduziu o que era o “conhecimento da realidade pela generalidade da população”. Reiteram na nota enviada à redações que “os professores nunca exigiram retroativos e nunca recusaram uma proposta do Governo, para que o tempo fosse contabilizado com efeitos na aposentação”.