Academia SCC: O terreno foi cedido pela autarquia e obras começam de imediato

Autarquia e Sporting da Covilhã formalizaram a cedência de terreno para a instalação da academia de formação do clube. “Uma necessidade urgente” disse José Mendes, presidente do SCC, que pretende avançar já “com os campos sintéticos para a formação, as terraplanagens irão começar de imediato” frisa. O dirigente avança que já está no terreno “a fazer prospeção de mercado para efetivar os campos o mais rápido possível”.

Em paralelo o Sporting da Covilhã vai avançar com a construção de balneários, “num total de 8 e um edifício de apoio”. Sem avançar com datas, o presidente define estas obras como “prioritárias”.

José Mendes pretende com a academia de formação “alimentar a equipa profissional”. Apesar de considerar difícil a missão explica que “o clube poderá fazer um trabalho diferente” com as condições que poderão oferecer.

O projeto total, que inclui um edifico com capacidade para 15 quartos, salas de estudo, refeitório e mais um campo de futebol, “com todas as condições para poder albergar miúdos e alguns jogadores profissionais”, irá avançar “quando o clube tiver disponibilidade, não temos pressa”, realça José Mendes.

Um projeto desde a primeira hora elogiado pela autarquia que apoia a “ideia de explorar e tirar partido dos bons talentos que temos da região”, é preciso investir nestas infraestruturas, disse Vítor Pereira na assinatura da escritura de cedência do terreno.