Região Centro entre os “Fortes Inovadores” segundo estudo da Comissão Europeia

A região Centro foi, pela primeira vez, classificada como região fortemente inovadora. Esta é uma das conclusões da 9.ª edição do Regional Innovation Scoreboard, um painel de avaliação da inovação regional, elaborado pela Comissão Europeia.

A região Centro foi classificada como forte inovadora regional, classificação melhor do que a do País (que se manteve como inovador moderado). Das 73 regiões europeias fortemente inovadoras, o Centro encontra-se na 68ª posição. No ranking das 238 regiões europeias, o Centro ocupa a 105ª posição, correspondendo o seu desempenho a 91,6% da média da União Europeia.

Em Portugal, o centro ocupa a segunda posição neste estudo que é liderado pela Região Norte, em terceiro, também com índice forte inovador está a Area Metropolotana de Lisboa. Seguem-se Alentejo, Algarve, Açores e Madeira com a classificação Inovadores Moderados.

O Regional Innovation Scoreboard compara o desempenho dos sistemas de inovação em 238 regiões europeias, de 23 estados-membros da União Europeia, bem como da Noruega, da Sérvia e da Suíça, classificando-as em quatro grupos: líderes da inovação regional (“innovation leader”), fortes inovadores regionais (“strong innovation”), inovadores moderados (“moderate innovator”) e inovadores modestos (“modest innovator”).

Para Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), “este é o resultado da elevada dinâmica do sistema científico e tecnológico regional em parceria com as empresas da região. Os apoios do Centro 2020/ Portugal 2020 nos projetos de Investigação e Desenvolvimento e no investimento inovador têm sido fundamentais para este resultado. Estes dados mostram que a região Centro está no bom caminho, mas que é preciso continuar a apostar na investigação e na inovação”.