BE pretende melhorar a mobilidade inter-concelhia

“Melhorar a mobilidade inter-concelhia de acordo com as necessidades das populações e os movimentos pendulares, valorizando o uso do transporte público em detrimento do transporte individual” é um dos objetivos que o Bloco de Esquerda pretende atingir com a criação de um passe de transportes públicos de âmbito distrital “que permite deslocações dentro do distrito com recurso a todos os meios de transporte disponíveis”, avança em nota imprensa.

Na ótica do BE “não existe uma verdadeira política de transportes quando não existe uma proposta que tenha em contas as necessidades da população, como comprovam a falta de qualidade do serviço no distrito” adiantando ainda, em comunicado, que este serviço não serve as necessidades da população.

“Os transporte públicos devem estar ao serviço das populações com horários adaptados às reais necessidades das pessoas, oferecendo conforto a preços reduzidos ou sempre que possível sem custos para os utilizadores”, finaliza o partido.