“O maior Festival da Cherovia de sempre”

A 12ª edição do Festival da Cherovia na Covilhã foi ontem apresentada em conferência de imprensa, e Eduardo Cavaco, presidente da Banda da Covilhã, descreve que este será “o maior festival de sempre”.

Na edição 2019, o Festival da Cherovia vai contar com a abertura de uma nova rua, a Rua do Notícias da Covilhã, duas novas travessas e potenciar uma nova obra de arte urbana.

O programa cultural do festival vai voltar a contar com um Festival de Folclore, em parceria com o Rancho Folclórico Vitória de Santo António, um encontro de Tunas, organizado pela Desertuna, parceira na organização do festival, e pela primeira vez, um festival de bandas filarmónicas, organizado pela Banda da Covilhã.

Com um total de 83 tasquinhas, Eduardo Cavaco aponta para que pelo menos se iguale os mesmos 50 mil visitantes da edição passada.

José Miguel Oliveira, vereador com o pelouro do associativismo na Câmara Municipal da Covilhã, deu os parabéns à organização e regozijou com as várias parcerias que foram feitos.

A AAUBI, que vai dinamizar o primeiro dia de festival com um concurso de bandas e DJs, representada por Francisco Baltar, ressalvou a “importância de estreitar relações com entidades locais”.

Na conferência de imprensa foi também apresentada a nova marca “I Love Covilhã”, de Rúben Migueis, investidor na cidade já há alguns anos com a marca Casas Covilhã.

O Festival da Cherovia realiza-se de 19 a 22 de setembro.