João Casteleiro: “Para eles é muito e para nós é pouco”

“Para eles (Ministério das Finanças) é muito e para nós é pouco”, uma afirmação de João Casteleiro, administrador do Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, na sessão de abertura do Seminário Científico da Semana do Bebé. Segundo explicou o administrador, reuniu há 3 semanas com responsáveis do Ministério das Finanças para negociar o orçamento do CHUCB para o próximo ano.

Nas suas declarações, João Casteleiro deixa antever alguma insatisfação com os números negociados, afirmando que questionou “se queriam ter um hospital do século XIX, XX ou XXI”. Para o responsável a realidade de hoje é diferente, realçando que “antigamente não chegava à secretária um papel a dizer que o tratamento para um doente custava 270 mil euros”.

O administrador não referiu os números em causa, mas afirma que “o aumento das exigências e a qualidade dos serviços acabam por ultrapassar o orçamento inicialmente definido, sendo que depois se realizam correções, pois todos queremos dar o melhor às nossas populações”.