Covid-19: Lar de Pinhel com 14 utentes infetados. Em Belmonte alunos testaram negativo

Um lar em Pinhel tem todos os 14 utentes infetados, a que se juntam 4 dos 8 funcionários, incluindo a diretora técnica da instituição, segundo avança a estação de televisão SIC:


Segundo a informação, a Segurança Social admite já enviar uma brigada de apoio uma vez que há metade das funcionárias que testaram positivo. Dos 14 utentes que testaram positivo, 12 mantêm-se na instituição assintomáticos e dois, com mais de 90 anos, foram internados no hospital Sousa Martins.


Nas próximas horas segue-se a testagem dos contactos comunitários dos infetados, nomeadamente das funcionárias que prestavam apoio domiciliário.

Em Belmonte a Câmara Municipal, em comunicado publicado na sua página, esclarece que os alunos de Gonçalo que foram impedidos, na sexta-feira passada, de frequentar aulas em Belmonte já foram testados, deram negativo e já podem retomar o ano letivo.


A autarquia avança ainda que da bateria de testes que está a realizar a colaboradores de diversas instituições, entre bombeiros, lares e escolas, não há, para já, resultados positivos.


Ainda segundo a SIC, foi identificado nas últimas horas um outro caso positivo num lar em Celorico da Beira. E em Almeida mais dois alunos do agrupamento de escolas estão infetados.

Referir que na área da ULS Guarda os casos são confirmados por aquela instituição de saúde, em boletim semanal, emitido às sexta-feiras.