Uma centena de jovens árbitros participaram em formação na Covilhã e Fundão

Realizou-se, nas cidades da Covilhã e Fundão, o 19º Encontro Nacional do Árbitro Jovem (ENAJ), o mais importante evento da arbitragem de formação nacional. Uma iniciativa que envolveu cerca de uma centena de jovens árbitros com idades compreendidas entre os 14 e os 17 anos, refere a organização em nota de imprensa.


Para Ruben Aguiar, jovem de 17 anos oriundo da AF da Madeira e citado no documento, esta foi uma “oportunidade única para comparar o seu contexto com jovens de todo o país e partilhar experiências com alguns dos seus ídolos”, refere na nota de imprensa da Associação de Portuguesa de Árbitros de Futebol que organiza o evento.


A edição deste ano contou com a participação de alguns dos mais prestigiados árbitros e ex-árbitros tais como, Artur Soares Dias, Hugo Miguel, Luís Godinho ou Duarte Gomes, na área do futebol, António Cardoso e José Gomes, na área do futsal, e, na área do futebol de praia, Francisco Costa.


O encontro ficou marcado também pela homenagem “sentida” a Carlos Xistra, Jorge Sousa e Jorge Cruz que este ano terminaram a carreira como árbitros dos quadros profissionais.


Após a realização de um conjunto de sessões técnico-práticas todos os intervenientes foram sujeitos a um processo avaliativo tendo em vista a seleção dos elementos que acompanharão as equipas de arbitragem das principais taças nacionais e a participação em torneios internacionais para equipas de formação que decorrerão em diferentes pontos do globo.


Este ano foram ainda selecionados 12 elementos para integrar um projeto pioneiro de Coaching que será desenvolvido ao longo desta época.


De acordo com Luciano Gonçalves, “esta é, à semelhança das bolsas de estudos da APAF, mais uma iniciativa que visa contribuir para o desenvolvimento dos jovens como árbitros e, principalmente, como seres humanos”.


Segundo o mesmo “todos eles devem ter presente que a arbitragem é a coisa mais importante das coisas menos importantes”.


Para Manuel Candeias, presidente da AF de Castelo Branco, “eventos destes são o melhor cartaz para promover as unidades hoteleiras e a gastronomia da região”.
Paulo Fernandes e José Miguel Oliveira, representantes dos Municípios do Fundão e da Covilhã, destacaram a importância de apoiar iniciativas do género e salientaram que tal só é possível graças ao bom relacionamento existente entre as duas autarquias.