Covilhã: Câmara baixa impostos municipais em 2021

A Câmara Municipal da Covilhã vai “continuar a política iniciada no ano passado” de “diminuir as taxas e impostos municipais”, explicou o presidente da Câmara no final da reunião privada do executivo desta sexta-feira, em que o assunto esteve em discussão e foi aprovado.

O IMI, Imposto Municipal sobre Imóveis, vai passar de 0,36 para 0,35 no próximo ano, “seguindo a promessa de baixar os impostos”, vincou Vítor Pereira, avançando que a Derrama também irá baixar, fixando-se em 1,2 quando o mínimo é 1,00 e no ano passado se cobrava 1,3, frisou.

O presidente explica que o único imposto que se mantém é a retenção de IRS, uma prática que existe desde que essa possibilidade foi criada, “por ser uma importante fonte de receita”, disse.

Esta matéria será ainda alvo de discussão e aprovação por parte da Assembleia Municipal da Covilhã.