União de Sindicatos felicita CHCB

A União de Sindicatos de Castelo Branco, em comunicado enviado às redações, “congratula-se” com a nova classificação do CHCB, mas alerta que “o que verdadeiramente vai contar não é esta nova classificação, mas as condições financeiras, o apetrechamento técnico e acima de tudo a valorização dos seus profissionais de saúde que são, muito claramente, o seu bem mais precioso”.

Com esta nova classificação e a correspondente criação do Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira (CHUCB) a USCB/CGTP-IN considera estarem criadas as condições “para se ultrapassarem os constrangimentos existentes e que estão a levar à degradação da prestação de cuidados de saúde”.

A USCB espera e “exige” que “se proceda à contratação de mais assistentes operacionais das mais variadas carreiras gerais, enfermeiros, técnicos e médicos, nomeadamente em especialidades que se encontram deficitárias”. A USCB espera ainda que “se aplique a redução do horário para as 35 horas e o novo Contrato de Trabalho” e ainda que seja feita a “valorização do hospital público do Fundão e ali se crie a unidade de medicina nuclear”.

Foto: USCB (Página Oficial)