ADE repete caderneta de cromos

A Associação Desportiva da Estação apresentou no passado domingo a terceira edição da caderneta de cromos de jogadores do clube.

Albertino Figueiredo, vice-presidente do clube, referiu que a direção “espera que seja um sucesso como nos anos anteriores”. Paulo Ramos, presidente da ADE, declarou que “os objetivos são vários. Em primeiro lugar tentar que os atletas, os pais e os sócios se aproximem mais do clube”, por outro lado, frisou que “o clube vai beneficiar de uma receita financeira que vai dar bastante jeito”.

Os pais dos atletas desta escola de formação também estão satisfeitos com esta iniciativa, e segundo Luís Barata, estes “sabem que desta forma estão a ajudar o clube e a contribuir para que este possa oferecer as melhores condições aos nossos filhos”.

 A caderneta, de 270 cromos, tem o custo de seis euros e as saquetas de cinquenta cêntimos, sendo que podem ser encontradas na sede do clube, Tabacaria do Centro Comercial da Estação, Pastelaria Doce Tentação, Cicol e Tabacaria da Central.